segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #12

É segunda-feira, o dia que só é 100% feliz por causa do Retnuh!


Mais uma semana, e mais uma tirinha do Retnuh. Por conta do ritmo incomum de postagens da semana passada, foi possível "finalizar" esse arco todo, e de uma forma bem legal, creio eu... E, ei, a Sakura voltou também! Agora dá pra gente ter um ano novo relaxado!
Desculpem a demora, até mesmo pra postar as tirinhas da semana passada no Colors!, mas é que esse final de semana me deixou completamente impossibilitado de trabalhar em qualquer coisa. Só tive a oportunidade de fazer algo agora à noite.

E eu gostaria de usar a oportunidade para agradecer a todo mundo que deu a essa tirinha uma chance. 2015 foi um ano cheio de coisa nova pra experimentar, e, apesar das dificuldades, foi um ano de grandes realizações. Apesar do feedback pequeno, trabalhar nessas tirinhas tem sido uma experiência fantástica, de longe, uma das minhas tarefas mais gratificantes. Mesmo sendo um tanto complicado ter de aparecer toda semana com algo novo, eu acredito que esse seja um trabalho muito gratificante. Então, se você deu uma lida nelas, seja aqui, no Facebook ou lá na galeria Colors!, eu deixo o meu mais profundo agradecimento.

Muito provavelmente, essa é minha última postagem do ano, então, eu gostaria de desejar a todos vocês um 2016 maravilhoso e ÉPICO. Boas festas, e vê se não exagera na champagne!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Produções legais pro Natal - Parte 6: Rise of the Guardians

Diferente dos trabalhos da Pixar, a Dreamworks sempre me pareceu um tanto estranha... Apesar de ela conseguir criar algumas pérolas, como os dois primeiros Shrek, Como Treinar o seu Dragão 1 & 2, e Megamente, é inegável que ela também cria grandes bombas, como o recente filme Cada um na sua casa (pelo menos o trailer, que é horrível) e Bee Movie.


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #11 - Parte 3

Mais uma surpresinha de Natal! Será possível?!


Dou a vocês a última (e, é mesmo, última) tirinha da semana! Eu queria tê-la postado ontem, MAS, acabei indo assistir o Star Wars VII e acabei não conseguindo terminar a tirinha a tempo... Oh well!!

Então, finalmente deu pra terminar essa parada do Retnuh ficar preso com o Gardur debaixo da ponte e tudo mais. Eu já queria fazer isso há algum tempo e, aproveitando a semana de Natal, foi possível apressar um pouco as coisas.
 Foi divertido manter esse arco rolando, mas é melhor seguir em frente.

Bom, eu imagino que todos vocês devam estar bem ocupados, já que é véspera de Natal, então, desejo a todos vocês um Natal fantástico, cheio de felicidade, comida e, quem sabe, umas coisas bem ÉPICAS pra vocês verem e participarem!
Tchau, pessoal! O Retnuh voltará à sua programação normal na semana que vem!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Produções legais de Natal - Parte 5: O estranho mundo de Jack

Tim Burton é um nome que praticamente não precisa de introdução no mundo do cinema. O seu estilo de produção, assim como as histórias que costumam acompanhá-lo, são de uma qualidade ímpar, e, mesmo que você não goste, não dá pra negar o quão único ele consegue ser.
Da mesma forma, o agora raro estilo stop motion consegue ser tão charmoso, tão maravilhoso e, se feito da maneira certa, pode ser uma grande diversão, ou pode te aterrorizar sem fim.






terça-feira, 22 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #11 - Parte 2

O que? Vocês acharam que essa semana ia ser comum? Que só ia ter uma tirinha do Retnuh? Que nada! É semana de Natal, então nós vamos fazer essa coisinha especial!


E o Nex retorna para nos alegrar!! Yaay!

Eu sei que é bem atípico e quebra completamente a rotina que viemos construindo nesses mais de dois meses, mas, como é semana de Natal, eu imaginei que seria legal fazer mais do que só uma tirinha essa semana, sabe? Vejam isso como minha forma de compensar a falta de eventos natalinos na tirinha. Se eu não posso contar uma história de Natal, ao menos posso dar a vocês mais da história que já está sendo apresentada. Isso faz sentido? Espero que sim...

E, pois é, o Nex apareceu de novo! Foi legal desenhar ele nesse estilo novo, já que ele tem uma estrutura tão diferente (e, ao mesmo tempo, tão similar) ao do Retnuh. Me deu uma perspectiva diferente de como me aproximar desse novo estilo de desenho, o que é sempre interessante.
Eu espero que vocês estejam gostando desse estilo tanto quanto eu estou gostando de desenhá-lo!

E, bom, vou ficando por aqui! Tenho que dar uma olhada em mais algumas produções para terminar a minha lista de Produções Legais de Natal. Eis uma dica do que vem a seguir: é assustadoramente... Natalino. É... Isso...

P.S.: E, sim, essa ainda conta como a número 11... Porque... Foi nessa semana. Isso.

Produções legais de Natal - Parte 4: Como o Grinch roubou o Natal

Dr. Seuss foi um dos escritores mais influentes de todos os tempos, criando histórias que marcaram gerações. Suas histórias sempre tinham um quê de surpresa e de mágica envolvidas, com personagens memoráveis e situações incomuns, mas que ensinavam lições valiosas. Além de Lorax, o Gato da Cartola, e Horton, Dr. Seuss também foi responsável por um grande clássico do período natalino. É claro que estou me referindo ao agora icônico Como o Grinch roubou o Natal.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #11

Dólar passou de novo dos 4 reais? Não tema! Isso é só porque ele estava impaciente pela próxima tirinha do Retnuh!


Uau, essa foi perto! Podia jurar que não ia dar tempo dessa vez!
Nessa semana, nós temos a continuidade dos eventos debaixo da ponte! Será que vai rolar alguma coisa nova? Será que o Retnuh vai ser salvo das terríveis garras do gardur? Bem, comer arroz com passas não é TÃO ruim assim, mas... enfim...
Ah, e não se preocupem com os outros personagens. Eles vão aparecer logo, logo.

E, bom, ei feliz semana de Natal pra vocês!! Vocês viram a nossa última postagem? Aquela cheia de velharia e coisa super-legal de falar! Pois é! Aqueles vídeos mostram o quanto o Retnuh já foi parte das atividades desse blog; inclusive, entre as coisas que eu achei, mas não mencionei por algum motivo, estavam os arquivos do primeiro vídeo solo do Retnuh, aquele de uns 20 segundos ou menos, e que era, simplesmente horrível! Talvez não tenha mencionado por isso mesmo... Vai saber?

Espero que você tenha uma semana maravilhosa, e um Natal feliz!

domingo, 20 de dezembro de 2015

Caverna do tesouro: Desséc, Greats Wars, Horárias, Hunter Carter e mais

Botão do Retnuh só pra ilustrar que muita coisa dessa postagem é da época que eu ainda usava botões.
Minha casa está uma bagunça. Passei a manhã toda mexendo em um mundo de coisa pra poder ver o que ia ficar, o que se ia dar e o que ia pro lixo. Nessa confusão, achei a fonte do meu notebook antigo.
Estou dizendo tudo isso pra contextualizar que, depois de muito tempo, eu liguei novamente esse mesmo notebook e, o que eu encontrei, foi uma verdadeira mina cheia de vídeos, imagens e projetos inacabados, todos de uma época mais velha desse blog, alguns deles que jamais foram revelados ou mostrados de fato.

Depois que comecei a publicar as tirinhas semanais do Retnuh, percebi que tinham vários projetos que eu prometi que jamais passaram de algumas imagens conceituais (todas feitas dolorosamente no paint... ugh), palavras e apenas testes. Apesar de muitas produções terem morrido assim que foram mencionadas aqui, outras conseguiram ir relativamente longe, com o que eu agora chamo de "vídeos conceituais" preparados. Para que possam ficar seguros, decidi postar alguns deles aqui, nessa mesma postagem, explicando bem o que raios aconteceu com cada um deles, um pouco de sua produção e, é claro, o que o futuro reservou.

Por questões legais, por assim dizer, vou ter de utilizar o player do Blogger para mostrar esses vídeos. Além disso, alguns deles foram feitos no auge da minha adolescência, pouco tempo atrás, de fato, mas quando o mundo era bem mais tolerante a piadas e comentários de PÉSSIMO gosto. O mesmo vale para mim, devo admitir... Não estou tentando ser modesto quando digo isso: alguns desses vídeos são OFENSIVOS pra burro. Por conta disso, peço humildemente que sejam vistos discretamente.

Bem, você pode conferí-los logo depois da quebra de postagem.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Produções legais pro Natal - Parte 3: Contos emocionantes (Little Match Girl + The Gift of the Magi)

É meio difícil negar que emoção é uma grande parte do Natal. Na verdade, eu diria que é a parte mais importante de tudo nesse feriado.
Por conta disso, é natural que várias histórias de Natal tentem o possível para encher a quem as lê/vê/joga de diferentes emoções: tristeza, amor, felicidade, alívio, e por aí vai. Vimos um pouco disso na nossa última edição, que tratava de uma trama bem longa, e bem tocante também. No entanto, dessa vez, nós vamos analisar dois contos, ambos emocionantes, e ambos mostrando os efeitos que o Natal faz nas pessoas.

Vamos devagar, olhando aqui um pouco do conto da pequena vendedora de fósforos de Hans Christian Andersen.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #10

Sabe qual a melhor parte da segunda? É a noite! HA!


Pra essa tirinha, eu achei que seria legal mudar um pouco o estilo visual. Sei lá, a outra forma tava um pouco... usada demais. Essa também foi uma boa oportunidade pra brincar um pouco com diferentes tonalidades de cores, dar uma ideia de sombreamento, e deixar o fundo MENOS branco do que antes. No geral, meio trabalhoso, mas foi bem legal também.
E, finalmente, vocês veem a cara do "troll". É algo que eu acabei entregando de bandeja quando mandei a tirinha #9 pro Colors! ontem.

Não lembro bem se já introduzi o conceito da espécie "Gardur" do universo do Retnuh aqui, mas as chances são pequenas. Posso até escrever algo a respeito disso no futuro, mas, acho que ainda espero 2016 chegar... Não sei.
De todo jeito, caso você não faça ideia do que eles estão falando em termos de "obrigar a jantar", "dar comida", e essas coisas, eu sugiro que você retorne à tirinha #5 para mais detalhes.

E isso é tudo por hoje. Espero que vocês tenham uma semana épica!

domingo, 13 de dezembro de 2015

Produções legais pro Natal - Parte 2: A Christmas Carol (de memória)

É engraçado como o amável século XIX deixou tantas histórias e produções fantásticas, que seriam adaptadas incontáveis vezes nos anos que seguiram. Desde o inesquecível e imperdível som de O Quebra-nozes, até os trabalhos fantásticos de Hans Christian Andersen, Edgar Allan Poe, Arthur Conan Doyle, O. Henry e vários outros.
Pretendo tocar um pouco em uma das produções do sr. Andersen e de O. Henry, mas, por enquanto, vou focar essa breve postagem no trabalho de outro homem, um dos maiores escritores da Língua Inglesa. Me refiro a ninguém menos do que o escritor Charles Dickens, e seu trabalho famosíssimo A Christmas Carol.



quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Produções legais pro Natal - Parte 1: Batman Arkham Origins

Ah... O Natal... De longe, minha época favorita do ano. É um período mágico, quando as luzes brilham com mais força, existe música e suposta harmonia para todo lado...
...
Tá bom, OK, talvez não seja bem assim. Mas Natal é mágico de todo jeito.

Mesmo que você seja daqueles que acha que isso é um período consumista criado pela máquina-capitalista-opressora-devoradora-de-almas-e-sonhos, eu continuo achando tudo no Natal tão... mágico e diferente de tudo o que há pelo resto do ano. Acho que ajuda porque é o final de ano. O fato de sempre se falar mais de fraternidade e amor do que presentes também... Pelo menos no meu círculo.

De todo jeito, eu estava querendo fazer algo legal aqui no blog para comemorar essa data tão bacana. Originalmente, achei que seria bom fazer algo com o Retnuh, mas o atual ponto da tirinha, somado com a minha geral falta de tempo me impedem de fazê-lo... Realmente não dá, pelo menos, por enquanto.
Então, achei que seguiria o rumo daquelas minhas listas, mas, hmm... Eu já fiz isso antes... Bom... E se... Eu tentasse, mas de uma forma um pouquinho diferente?

E cá estamos nós. Minha ideia é fazer uma série de postagens, cada uma falando de uma forma diferente de produção de entretenimento que, de alguma forma, tenha o Natal incorporado. Sei lá, acho que vai ser divertido...
Então, sem mais delongas, vamos lá!


Nada fala mais "Natal" do que um super-herói metendo porrada em tudo o que é bandido e fazendo o submundo do crime tremer só de ouvir o seu nome.
Oh, desculpem... Eu disse "Natal"? Quis dizer "Nanananananana BATMAN"!!



segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

As aventuras de Retnuh #9

Para tudo que tem tirinha nova hoje!!


A propósito, FELIZ DEZEMBRO PRA VOCÊS! Um dos meus meses favoritos do ano! É meio difícil bater essa mágica, apesar de tudo o que se pode imaginar... Mas, eh, isso é assunto pra outra postagem.
O assunto de hoje se mantém mais na nossa tirinha. Meio sem cor, mas, ei, é uma neblina! Nem se preocupem, que a próxima tirinha vai ter as cores mais variadas.
E, como prometido, sabemos mais do monstrão da última tirinha: ele é roxo, e tem um braço completamente desenhado! Como pode?! ... Sim, aquilo é um braço. COMO ASSIM EU DESENHO MAL?!


Piadas à parte, eu espero que vocês tenham uma semana fantástica, tanto aqueles que estão de férias quanto aqueles que ainda tem de estudar ou trabalhar, ou os dois. Ah, e lembram daquele teaser? Acho que não demora muito para que uma coisa nova apareça dele. Fiquem de olho!

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

As aventuras de Retnuh #8

Segunda tá meio chata? Então ainda bem que nós chegamos!!


E lá se vai tudo... Foi bom fazer essa tirinha, mas, aparentemente, não vamos ter heróis pra continuar a história... Se bem que tem a Sakura ainda... Me pergunto como ela está se saindo.

Então, é... Só uma tirinha essa semana. Semana passada foi uma baita exceção, já que eu queria só poder fazer uma continuação pras duas histórias da vez anterior. Não se preocupem com a Sakura, porque nós vamos ver como acabou a história da barata no futuro. O foco, por enquanto, é o Retnuh e o Nex indo para as ruas (com o enorme drama adicionado do bichão aí atrás). Vou poder explicar melhor do que se trata o monstrão no futuro, mas, não agora. Não vamos querer estragar a surpresa!
Semana que vem, vamos saber mais desse grande bicho aí!

Ah, sim, só mais duas coisas que eu queria passar bem rapidinho: as duas estão depois do Mais informações.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

"Gagababa" - SAÚDE!

Advertising é um bicho muito complicado de lidar. Pode acontecer de você fazer de uma forma genial e divertida, pode rolar de você fazer uma coisa horrível e sem graça. De todo jeito, a chance de ser polêmica é estúpida de tão grande (não, sério...).
Se você fizer feio, você será condenado a UMA SEMANA INTEIRINHA (ou um mês, depende da propaganda) sendo alvo de criticismo da Internet. Mas, se você fizer o negócio certo, você será clamado um herói, o escolhido dos deuses do Advertising e... Tá, parei.

Tô fazendo todo esse alvoroço porque, hoje, eu encontrei um ad sensacional. Ou melhor, fui direcionado a um ad sensacional.
Aparentemente, se você visitar o Yahoo japonês e digitar Gagababa em japonês (o que, em um dos alfabetos japoneses, ficaria assim: ががばば), vai aparecer uma caixa de comando que, de novo, do japonês, avisa que, se você clicar em Continuar (a primeira opção), você irá experienciar coisas estranhas. Clicando em continuar, vai acontecer algo MUITO interessante. Aterrorizante pra alguns, mas interessante de todo jeito. O vídeo abaixo, falado em japonês, mas com capacidade de legendas em inglês (só ir na opção), mostra do que se trata.



Eu fiquei perplexo com a coisa toda, e saí pesquisando (os sites da minha pesquisa eu vou disponibilizar no fim da postagem), e descobri umas coisas intrigantes.
Aparentemente, essa algazarra é um advertising para uma série de TV japonesa chamada Yo nimo Kimyo na Monogatari, algo que, numa tradução BEM livre, parece significar "Histórias incomuns" (não sei, coloco a responsabilidade no tradutor do Google).
Pelo que eu peguei, é uma série de TV antológica semi-anual (que pode ter um ou pouco mais de um episódio por ano), que está comemorando 25 anos esse ano, inclusive, e... Bom, teve um filme... E... Uh... Passa na Fuji TV...
Pra ser sincero, isso é tudo o que eu consegui descobrir. Pela natureza do ad de que estamos falando, meu instinto era de que se tratava de uma coisa de terror, mas, parece que eles exploram outros gêneros também, como drama e comédia. Eu até consegui encontrar um site oficial, mas, infelizmente, não pude ver nenhum dos vídeos de lá pra entender do que raios se trata, já que, por algum motivo, eles não foram disponibilizados no Brasil, o que é uma grande pena: eu queria saber mais.

Acho que a razão de isso ser tão legal é que mostra que ads podem ser SUPER épicos. É algo mais obscuro, mas, definitivamente, mais interessante do que aqueles vídeos que a gente tem que aturar por 5 segundos no YouTube (alguns até são legais, mas a boa maioria pode ser muito sem graça e forçada; ou os dois). Poxa vida, com certeza fez um ótimo trabalho: eu nem sabia o que raios era isso até duas horas atrás e, agora, eu adoraria saber mais!
Obviamente, os japoneses não são, necessariamente, os pioneiros nesse tema. O Google fez isso recentemente para comemorar a chegada do vindouro Star Wars: O Despertar da Força. Basta digitar "a long time ago in a galaxy far far away" no Google (ou clicar aqui) e, ta-da, um advertising bem legal também (dica: faz isso ouvindo isto). Putz, antes mesmo disso, tem algo que é uma mistura dos dois: "do a barrel roll" no Google, uma referência a Star Fox (que é japonês)!

Sei lá, eu fiz essa postagem justamente porque eu adorei o ad. Muito bacana, mesmo. Não é todo dia que você pega algo nesse nível. Mesmo que tenham muitos ads legais por aí (uns muito melhores que outros), e vários que eu considero melhores do que esse (até hoje eu morro de rir com os do Old Spice), é muito show ver alguma coisa assim. Mostra o quão criativas as pessoas podem ser, mesmo com coisas tão simples que, basicamente, significam "compre isso" ou "veja isso".

E, com essa, eu me retiro, voltando para produzir mais Retnuh pra vocês!
Sayōnara! (hahahaha...haha...ha... caramba, eu sou horrível com essas coisas).
Links de referência (pra você ver o que eu consegui achar na pesquisa):
http://www.ahnegao.com.br/2015/11/coisa-interessante-da-semana.html#comments
https://en.wikipedia.org/wiki/Tales_of_the_Unusual
http://wiki.d-addicts.com/Yo_nimo_Kimyo_na_Monogatari
http://www.fujitv.co.jp/kimyo/index.html
https://www.youtube.com/watch?v=8cmQcXzwInY

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

As aventuras de Retnuh #7

Eita, muita calma nessa hora!! DUAS tirinhas hoje?! COMO ASSIM?!


Uau, mas como assim?! Era um ótimo negócio!!


Se você quer um trabalho bem-feito, faça você mesmo! É o que eu sempre digo!

E, a propósito, EI LYLA!! FAZ QUANTO TEMPO?!?! CARAMBA, ADOREI O QUE VOCÊ FEZ COM O CABELO!!
Pra quem não faz a menor ideia do que eu tô falando, a Lyla foi uma das protagonistas do meu primeiro blog, aquele lá com aquelas histórias (as quais eu chamava "episódios") bem bizarras, curtas e, no geral, terríveis. Bom, de todo jeito, tá aí o link pra você ir me zoar lá também.
Deixa só eu explicar o porquê de duas tirinhas bem rapidinho: eu tinha essas ideias de como continuar a história da semana passada, especialmente a parte da Sakura (a do Retnuh e do Nex só apareceu nesse fim de semana, mesmo), mas não dava pra mostrar tudo se fosse só com três painéis cada, como foi semana passada. Então, acabei achando melhor fazer uma tirinha regular (essa de seis painéis) pra concluir as histórias mesmo. Foi o dobro do trabalho, obviamente, mas eu acho que teve melhor efeito do que uma história de apenas três painéis poderia ter tido.

Se você tá com preguiça de ler tudo isso que eu escrevi, deixa eu resumir: tá assim porque eu achei melhor fazer assim. Pronto.
Ah, e, a propósito, não clique no "Mais informações" abaixo! Por favor, NÃO CLIQUE! Não tem pra quê! Haha...ha..ha...ah....

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

As aventuras de Retnuh #6

Então, vamos fazer um experimento rapidinho aqui. Cada coluna é uma história separada!


Quem nunca brigou por causa de uma blusa de merchandising?*
Baratas... O pior inimigo da humanidade... Mas, ei, pelo menos ela não tá voando.

Olha, história engraçada por trás dessa aqui. Na semana passada, eu tava tentando arranjar uma forma de progredir aquela história de ir pra rua dos vendedores, e isso não foi difícil, mas, ao mesmo tempo, tinha me vindo uma ideia bacana pra outra história, e que eu não queria que fosse embora. Então, achei que seria uma boa colocar as duas na mesma tirinha, depois de fazer as divisões apropriadas. Tah-dah! Experimento! Por um lado, é bacana que eu acabo fazendo duas histórias de uma vez, uma correndo em paralelo com outra. O ruim, se é que isso pode ser ruim, é que elas ficam com menos espaço e, portanto, mais curtas.
Esse último ponto não importa muito, já que as duas vão continuar semana que vem... Já tenho uma noção da escala, então, por favor, fiquem atentos!!

Obrigado pela sua maravilhosa atenção, e uma boa semana seus maravilhosos!!

*: A propósito!! Esse Dr. Metal não é pra ser nenhuma novidade por aqui. Na verdade, o negócio é BEM mais velho. Volte para uns oito anos atrás, mais ou menos, e você vai encontrar isso aqui. Ou isso aqui. De todo jeito, coisa velha, mas que pode voltar de uma forma ou outra. *Hint* *Hint*

domingo, 15 de novembro de 2015

O Retnuh chegou à Colors!

Eu já tinha falado da galeria Colors! aqui no blog, então não há necessidade de me repetir. Vou apenas dizer que, agora, as edições #2 a #5 das Aventuras do Retnuh já estão disponíveis lá. Onde está a #1? Pois é, ela meio que foi parar no lixo... Não, sério.
Por algum motivo, as imagens parecem ter uma qualidade de cor maior na galeria do que sendo postadas em lugares diferentes, como o Facebook ou o Blogger, por exemplo.

Você pode conferir todas as tirinhas no Colors! seguindo os links a seguir.

Tirinha #2
Tirinha #3
Tirinha #4
Tirinha #5

Um dos pontos que eu acho que esqueci de falar foi a parte de que você pode ver o processo de criação de cada imagem lá na galeria. Esse, inclusive, foi um dos motivos de eu achar que seria legal passar as tirinhas pra lá. É estranhamente hipnotizante e divertido ver as imagens passando de seu estado inicial para o final. De novo, eu só peço pra que você dê uma olhada com mais atenção na galeria em geral: tem uns trabalhos muito legais lá.
Espero que vocês se divirtam com essas tirinhas do mesmo jeito que eu venho me divertindo fazendo.

E, como sempre, a próxima tirinha estará disponível já amanhã, se tudo correr bem. Elas serão adicionadas à nossa página do Facebook na terça-feira e, no próximo domingo, serão colocadas na galeria Colors!.
Valeu pela sua atenção, e que você tenha uma semana lindona!

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

As aventuras de Retnuh #5

É, precisamos de algo que não seja só o Retnuh andando por aqui...


Rápido, Retnuh! Vai com ele que sabe, senão você vai ter de andar isso tudo sozinho!! E ainda pode se perder!!

Se você mora em uma cidade grande, tem muita chance de algo parecido já ter acontecido com você. Esse fim de semana, fui atender um evento local (o maravilindo Zelda Day de Fortaleza - mais épico, impossível), e saí quebrando a cabeça procurando rotas de ônibus e formas diversas de chegar no lugar em questão. Nem preciso dizer: foi um pesadelo. A mesma coisa acontece quando é pra ir pra um lugar MUITO fora das áreas que costumo frequentar. Mas, ei, como tudo tem um lado bom, pelo menos dá pra conhecer melhor sua cidade! Yay!

Em outras notícias, o nome da garota é Sakura... Pensei em várias outras possibilidades de nomes, mas acho que essa vale: o som é bom e é um nome amável, que nem ela! E eu meio que já tinha dito o nome dela há um tempão atrás, então era melhor manter pelo bem da consistência.
Talvez tenha algo mais pra dizer, mas não estou lembrando agora, então deixa pra próxima.

Até mais pessoal, e que vocês tenham uma semana ÉPICA!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

As aventuras de Retnuh #4

Já tem quatro semanas desde que eu comecei isso? Uau, o tempo passa rápido!


Conheçam a nova personagem e colega de quarto do Retnuh! Então, me parece que eu esqueci de dar o nome dela. Nesse caso, vou manter isso como um segredo até a próxima edição.
Essa nova parte não tem tanta loucura quanto a última, mas eu acredito que vocês podem achar algumas referências no meio disso tudo. Eu diria três...
Semana que vem tem mais! Espero que vocês estejam gostando!

Então, vocês fizeram alguma das coisas que eu sugeri na última postagem? Se sim, espero que tenha sido divertido e aterrorizante.

sábado, 31 de outubro de 2015

Sete produções pra você ver nesse dia das bruxas (e convidados!)

Ano passado, eu tinha escrito uma história de terror pra tentar dar uma marquinha legal pro dia das bruxas (ou... Dia do Saci no Brasil). De todo jeito, por uma série de motivos, eu não vou fazer isso este ano. Não, na verdade, preferi diversificar, e, por isso, imaginei uma lista de produções de entretenimento que você poderia dar uma olhada durante esse período. O que vai ser? Como vai ser? Algumas delas podem ser paródias, outras podem ser produções genuínas de terror! Não faço a menor ideia. Vou começar a escrever isso agora e ver no que dá.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

As Aventuras de Retnuh #3

Por que #3? Porque a última postagem mostrou as tirinhas #1 e #2, é claro!!


Acabou demorando mais do que deveria lançar essa belezinha (vários fatores pra isso, mas todos irrelevantes), mas, agora, vocês tem uma noção melhor do mundo que o Retnuh vive, hein?! É, claro que não ia ser coisa normal!!

Uma ótima semana pra vocês!!

domingo, 25 de outubro de 2015

As aventuras do Retnuh #1 e anúncio

No dia 12 de Outubro, eu publiquei lá na página do Facebook as primeiras tirinhas do que vai ser um projeto bem maior.
Se você acompanha esse blog de alguma forma, é provável que já tenha visto algumas menções (até um vídeozinho, se não me engano) do Retnuh. Pois é, ele está de volta, e de uma forma mais interessante (ou, pelo menos, epicamente chata, HA).
Na verdade, eu já falei PRA BURRO do Retnuh aqui. Ele foi estrela da nossa (por enquanto) cancelada série Greats Wars, apareceu em alguns vídeos que eu tinha feito, e tinha até aparecido como parte de uns dois quadrinhos.
Bom, vamos logo ao assunto.

RETNUH! O MÍNIMO QUE VOCÊ PODIA ESTAR FAZENDO AGORA É MOSTRAR UM POUQUINHO DE ÂNIMO!

Por várias questões, a tirinha semanal da qual ele está participando agora vai aparecer primeiro aqui no blog, e será postada na nossa página do Facebook no dia seguinte. Logo depois da quebra, vou postar todas as três tiras que apareceram até o momento, assim como o link para algumas das imagens que o moleque de gelo teve participação (moleque de gelo?), para que você, que ainda não sabe o que é um Retnuh, entenda do que se trata. Os vídeos em que ele aparece, como o Greats Wars, eu acho que vocês podem conferir na página listada no cabeçalho do blog.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Comentário alheio: Quarteto Fantástico

Enquanto eu estou trabalhando em algo bem bacana nos bastidores, decidi trazer para o blog mais um pouco de conteúdo que foi postado na minha página há um tempo atrás.
No caso, o que estou compartilhando aqui nada mais é do que o "Comentário Alheio", um texto feito de forma rápida e prática, sem muita pesquisa, apenas para comentar determinado assunto. Segue, abaixo, minha explicação em relação a isso:

O objetivo deste comentário é apenas isto: comentar sobre a situação em questão. Com isso, pode ser que possamos entendê-la melhor. Caso não saia nada, pelo menos houve uma conversa interessante.
Devido à natureza mais particular desses textos, não vou compilar uma série deles aqui, mas apenas aqueles que são pertinentes ao mesmo assunto.
Nesta postagem, vou colocar dois, ambos falando do recente filme Quarteto Fantástico e sua recepção perante o público.


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Cores ao vivo

Um dos meus hobbies favoritos/frustrantes é o de desenhar. Favorito porque desenhar sempre é muito divertido. Frustrante porque eu não sou bom nisso. Daí, surge o equilíbrio perfeito.
Foi mais ou menos por isso que, há alguns anos, eu comprei um software chamado Colors! 3D, pro meu 3DS. Com isso, consegui acesso à galeria Colors! Live, criando minha própria conta e tudo mais.

Como ando meio lento esses dias, em termos de criar conteúdo e mais o que, achei que seria uma boa compartilhar aqui alguns de meus (nada gloriosos) trabalhos, que foram publicados na galeria. Postarei os menos ruins* aqui, enquanto vou deixar um link, no final, para que vocês possam ter acesso à galeria. Digo minha galeria, mas isso é mais uma desculpa, já que minha maior recomendação é que vocês deem uma olhada na galeria Colors! em toda a sua plenitude. Claro, há mais imagens de My Little Pony do que eu gostaria, e algumas delas não fazem tanto sentido, mas existem alguns trabalhos muito legais. Enfim, deixo aqui a galeria e o link. Bom proveito!


quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Comentário: A verdadeira história de João, o pirralho ladrão, e o pé de feijão

Contos de fada, nos dias de hoje, geralmente são formas de ensinar valores das mais diversas formas às crianças. Pode ser algo mundano e básico, como "obedeça seus pais", ou coisas um tanto mais complexas como "não converse com estranhos".
A estrutura de um conto de fada é simples: início, suspense, clímax e resolução (geralmente na forma de um final feliz).

O que poucos devem saber é que nem sempre foi assim. Contos de fada eram bem mais sombrios e complexos do que as curtas histórias que ouvimos com tanta frequência.
Chapeuzinho Vermelho, os Três Porquinhos, Cinderela, putz, até Branca de Neve, contavam com detalhes tão diferentes, alguns tão cruéis e malvados, que você percebe que a intenção não era ensinar crianças a ter valores, mas assustá-las o suficiente para obrigá-las a tê-los... Ou... Algo nesse nível.

Apesar de todas essas versões originais serem dignas de comentário, vou me limitar a falar apenas da mais recente que descobri, já que foi a que mais me deixou perplexo.
Me refiro à versão original do João e o Pé de Feijão, que, legitimamente, me deixou de boca aberta, não por causa da trama geral (praticamente tudo está no mesmo lugar, só que com algumas adições aqui e ali), mas sim por causa dos motivos de João.

domingo, 9 de agosto de 2015

Mini-análises de filmes #1

Depois de um longo hiato na página O Lobo Contador de Histórias (cujo nome já foi alterado para bater com o do blog), eu havia decidido escrever uma série de pequenas análises de filmes, velhos e novos, para postar e não deixá-la tão vazia quanto estava. Fiz isso por algum tempo e, praticamente desde o primeiro dia, eu já tinha em mente a noção de publicá-las no blog depois que um certo número fosse atingido. A especificidade do número foi embora, mas a ideia de publicar aqui continua, e é isso mesmo que vou fazer. Com vocês, as análises da nossa página.

"Tive uma boa ideia do que fazer aqui nessa página! Ói que legal!
Para complementar o raro conteúdo que aparece por aqui, vou fazer algo que todo mundo já faz! Mini-revisões de filmes! Yay!
Eu já fiz muito disso na minha conta pessoal, então admito que estarei me sentindo em casa. Isso e assim também fica mais interessante.
Como um eterno amante de histórias, acho válido mencionar algumas produções de diferentes mídias e analisar, brevemente, seus pontos positivos e negativos (algo mais no nível de consenso mesmo, só postando conclusão, visto que estamos em uma página de Facebook afinal). Ao final de certo número, poderei até postá-los lá no blog, quem sabe... Com isso dito, vou mandar logo a primeira." 

Mudamos o nome (e, com sorte, a atitude)

Tinha uma coisa que eu queria fazer há algum tempo, mas que nunca soube como fazer.
O título deste blog, LDM - Os Grandes, fazia muito sentido quando eu o criei há uns... Sei lá, sete, oito anos?
O tempo passou... E eu percebi que precisava mudar o nome do blog. Tratava-se de uma questão simples: isso era necessário para seguir em frente, e foi o que eu fiz.

Para o nome novo, Épicamente chato, foi preciso um pouco de reflexão. Apesar de tudo, a resposta, como tantas outras, se revelou logo abaixo do meu nariz. Quero deixar o dia de quem passa aqui um pouco mais divertido, mais interessante, mais épico, talvez. Consigo fazer isso? Não muito, sou meio chato muitas vezes... Mas eu sei que até mesmo o chato pode ser divertido, intrigante... Épico, se me permitem.

Traço aqui meus novos objetivos, e espero que você que está lendo isto agora tenha um ótimo dia. Que se divirta com o que poderá encontrar aqui, e que você consiga fazer aquilo que deseja.

Entretenimento não faz mal a ninguém; muito pelo contrário: pode ser justamente o que você precisava para suportar mais um dia.

domingo, 7 de junho de 2015

Dark Horse (2008) - Análise



LANÇAMENTO: 2008

1. Something in Your Mouth
2. Burn It to the Ground
3. Gotta Be Somebody
4. I'd Come for You
5. Next Go Round
6. Just to Get High
7. Never Gonna Be Alone
8. Shakin' Hands
9. S.E.X.
10. If Today Was Your Last Day
11. This Afternoon

sábado, 30 de maio de 2015

The Fall - Resenha

Me encontrasse há uns dois ou três anos, eu diria que não dava a mínima para jogos indie, porque, pra mim, todos eles eram fracos e sem graça. Sim, eu estava errado: isso é um fato. Mas, naquela época, a maioria dos jogos indie eram, de fato, um bando de material reciclado de jogos dos anos 80/90.
Mas, o que importa é que as coisas mudaram, e hoje muitos jogos indie são de fazer cair o queixo.

Então, estando agora completamente livre de vários preconceitos com jogos indie que eu tinha no passado, sento-me aqui e começo a escrever sobre uma pequena pérola chamada The Fall.

O jogo chegou aos computadores em Maio do ano passado, se não me engano, cobrindo tanto PC quanto Mac. Surgiu também, em Setembro de 2014, uma versão para o Linux e outra para o Wii U, e é desta que estaremos falando.
A versão de Wii U foi recebida com relativos elogios, beirando com uma pontuação de 70 no Metacritic. Após ler algumas análises, pude perceber que houve muita divergência em relação a diversos aspectos, em especial os controles e a dublagem do jogo. Tocaremos nesses assuntos no seu devido tempo. Primeiro, devemos entender o que raios acontece no jogo.


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Mas que livro é A confissão de Lúcio!!

O Modernismo foi um período muito estranho da Literatura. Pode-se dizer que foi o período em que os artistas decidiram que seria uma boa hora para jogar tudo o que é tradição e ideia boa pros ares, metralhar enquanto estivesse no ar, e começar a montar formas loucas e mirabolantes de se fazer arte.
...
...
Não foi bem assim, mas minha versão não está tão longe da verdade.

Estou em um período ótimo da universidade, com todas as coisas que ensinam na escola sendo apresentadas em uma forma muito mais direta, e a quantidade de romances e poesias experimentais que apareceram na época do Modernismo não eram brincadeira. Mas, não vim entrar em detalhes sobre o que rolou nessa época e porque... A internet está aí pra lhe explicar bem direitinho o que raios deu na cabeça de Anita Malfatti e Pablo Picasso pra começar a pintar de um jeito tão diferente, ou o quão difícil de entender era e é Monteiro Lobato...

Meu foco hoje vai se direcionar a um livro português, um breve romance, que se mostrou como uma belíssima surpresa: como um presente de natal o qual você não sabia que iria receber e, quando abre, fica tão feliz que não sabe o que fazer com isso.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

7 MOTIVOS PORQUE SPLATOON É O MELHOR JOGO DO UNIVERSO!!!



Splatoon vai chegar no final de Maio para o Wii U. O jogo é um TPS com grande foco no multiplayer online, que substitui armas realistas por armas de tinta. Eu joguei a demo temporária no último sábado e achei o jogo LEGAL, mas tão LEGAL, que eu não resisti e quis fazer uma lista de coisas LEGAIS do jogo!

SEM MAIS PAPO VAI!

domingo, 3 de maio de 2015

All The Right Reasons (2005) - Análise



LANÇAMENTO: 2005

1. Follow You Home
2. All The Wrong Reasons
3. Photograph
4. Animals
5. Savin' Me
6. Far Away
7. Next Contestant
8. Side of a Bullet
9. If Everyone Cared
10. Someone That You're With
11. Rockstar


domingo, 19 de abril de 2015

The Long Road (2003) - Análise



DATA DE LANÇAMENTO: 2003

1. Flat On The Floor
2. Do This Anymore
3. Someday
4. Believe It Or Not
5. Feelin' Way Too Damn Good
6. Because Of You
7. Figured You Out
8. Should've Listened
9. Throw Yourself Away
10. Another Hole In The Head
11. See You At The Show


sexta-feira, 17 de abril de 2015

6 finais horríveis (e convidados)!!!

Você, com certeza, já se pegou lendo um livro, ou jogando, ou assistindo um filme e ficando completamente chocado ou aterrorizado com o que achou no final da história, não é mesmo?

Bem, eu também! E foi pensando nessas coisas que eu me coloquei para fazer mais uma lista, contendo seis finais terríveis de três das principais mídias de entretenimento que têm por aí.

Antes de iniciarmos, eu vou logo explicando que isso não é uma lista de "top 10" ou nada disso. Não escrevi isso aqui pensando em nenhuma ordem específica, apenas escrevi.
Ah, e spoilers... Obvs...

E, com isso fora do caminho, podemos iniciar.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Dia sem internet

Passei pouco mais de 24 horas sem acesso à internet.

Esse foi o resultado:


Tudo é tão escuro e sem vida...

As horas agora se arrastam,

como se temerosas de passar.

E me vejo escrevendo poemas

mas não sei que palavras usar

já que não tenho internet

para elas pesquisar e

qual rima com qual adivinhar...


Nunca disse que esse ia ser um poema bom; na verdade, já estava implícito que ia ser uma porcaria...

sábado, 11 de abril de 2015

Silver Side Up (2001) - Análise



DATA DE LANÇAMENTO: 2001

1. Never Again
2. How You Remind Me
3. Woke Up This Morning
4. Too Bad
5. Just For
6. Hollywood
7. Money Bought
8. Where Do I Hide
9. Hangnail
10. Good Times Gone


quinta-feira, 2 de abril de 2015

Novo projeto pro blog! E É SOBRE MÚSICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAS!

Gosto musical é uma coisa complicada de se falar, embora pareça muito simples. Você pode acreditar que, só porque gosta de uma banda em particular, imediatamente faz parte de um grupo específico de pessoas. Mas, aí, você percebe que você gosta de uma banda ou cantor ou cantora que muita gente nem sabe o que é, o que coloca você em outro grupo de pessoas, e por aí vai. Por exemplo, é perfeitamente possível encontrar alguém que adore as letras do Metallica, e que, ao mesmo tempo, não consegue parar de dançar quando ouve Michael Jackson postumamente mitando no rádio.

Estou montando esse argumento para lembrar ao mundo que todos têm gostos diferentes e jeitos diferentes, e que está tudo bem em relação a isso. Mesmo que você considere o Justin Bieber o poeta do século, não significa que você é um ser humano inferior. Você apenas tem um pensamento que, para pessoas como eu, é um tanto estranho, sem falar que é muito exagerado. Mas, estou divagando...

sexta-feira, 20 de março de 2015

Operação: Big Hero (2014)

Ao final do meu Projeto 50, eu disse que iria fazer uma pequena análise a respeito do filme Operação: Big Hero, depois que estreasse e que eu o assistisse... Já têm alguns meses desde que eu assisti e, mesmo tendo escrito uma resenha já, eu a achei muito bagunçada e, ocupado com várias outras coisas, fiquei me impedindo de escrever outra e publicar.

Mas, eu quero terminar o Projeto 50 (e... quatro) de vez, e o farei agora, com uma pequena resenha do último filme da Disney (até o momento desta publicação).


Por onde começar...? Acho que dizendo que eu achei o filme fraco é um bom começo...

É, isso aí. Eu achei Operação: Big Hero mediano pra baixo. Não sei se foi o roteiro, ou os personagens, ou simplesmente tudo, mas o filme não chega nem perto do que eu considero como o real potencial da Disney.

Acho que o meu principal problema é que o filme não parece saber o que quer. De primeira, você acha que vai assistir algo nos moldes de Gigantes de Aço, depois, parece que vai ser algo de Laboratório de Dexter, aí, vira uma história típica de desenho japonês que trata de superação e, finalmente, entra o gênero super-herói. Essa salada, apesar de ter uma cara boa, dá um embrulho no estômago, e tem um gosto bem ruinzinho.

Mesmo assim, eu não posso negar que o filme tem seus momentos brilhantes. As cenas que falam de tristeza e superação, por exemplo, são muito legais, especialmente quando vemos o protagonista Hiro aprendendo mais sobre o seu irmão. São essas as partes que salvam o filme de ser outro Dinossauro ou Bolt. Essas e as cenas iniciais do robô (Baymax, eu acho), é claro.

Se tem um ponto que eu não gosto, pra valer mesmo, é o final. Achei tão estúpido, e tão infantil, que realmente me enfurece. É um daqueles que poderia ser infinitamente melhor se alguém tivesse escrito as coisas com mais calma. O resultado final ficou mais para um filme Sessão da Tarde com cinquenta mil sequências que ninguém atura.

E é só isso que eu tenho a dizer. Eu tenho noção que sou um dos poucos que não gostou do filme, e, por isso mesmo, eu sugiro que se dê uma olhada. Existem várias cenas bacanas, mas o produto, no geral, é pouco atraente, seja lá o que isso quer dizer...

Com isso, posso dizer que o Projeto 50 está finalmente finalizado e enterrado. Bom, ele estava finalizado e enterrado já tinham uns meses, mas, ei, agora realmente não existe muito mais pra se falar...
De todo jeito, já fiz minha postagem de despedida, então basta dar uma olhada nela pra ter a conclusão.

BYE-BYE crianços! Até a próxima postagem!

P.S.: Eu sei que o filme teve como base uma história em quadrinhos da Marvel... Mas, pelo que eu pesquisei, as duas são tão diferentes que nem dá pra desenhar semelhança. Por isso mesmo não fiz qualquer menção a isso na análise.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Minha primeira experiência com Meu Pé de Laranja Lima

Imagem adquirida do
blog Universo Literário.
Nunca li muito do material de José Mauro de Vasconcelos... Na verdade, eu li apenas um livro, e, de todos os que ele já escreveu, me sinto um pouco envergonhado em dizer que apenas fui mais um dos que leu Meu Pé de Laranja Lima, de cabo a rabo.

Como hoje seria o seu aniversário de 95 anos, decidi fazer essa pequena homenagem contando como eu conheci o seu trabalho e como reagi a ele.


A época em que eu li esse livro, o das laranjas, ainda estava nos anos iniciais do Ensino Fundamental, isso há mais de dez anos. Era uma época interessante, em que o filme do Homem-Aranha (ainda) era a melhor coisa do mundo, e ler livros era tããããããããão chaaaaaaaaaaaaato.
Hoje eu me vejo como amante da literatura, apesar de não tão dedicado como eu deveria ser. Poxa vida, ler livros hoje, pra mim, é considerado lazer. Mas, naquela época, era um dever de casa e, como qualquer criança, fazer dever de casa era um porre pra mim.

Digo tudo isso só para deixar claro que eu só li Meu Pé de Laranja Lima porque estava no currículo escolar, e eu, até hoje, nunca entendi como deixaram uma obra dessa ser taxada como paradidático para crianças de 7~12 anos, as mesmas que são muito imaturas ainda pra saber como reagir às diferentes sensações que vão sentir ao longo da vida. Sim, eu sei que é um livro tido como "infanto-juvenil", mas a narrativa de Vasconcelos (que se encarnou no livro com o seu nome de infância), nos mostra uma realidade mais do que dura: ela também é violenta, sádica e depressiva. É o tipo da coisa que faria qualquer marmanjo mundo afora se considerar um homem terrível e insensível por ter comida na mesa.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

4 filmes antigos pra assistir

Hoje em dia, tem muito filme bacana de ver. Com o advento e constante evolução dos efeitos especiais e técnicas de definição sendo cada vez mais adoradas mundo afora.
Mas, apesar disso tudo, é sempre bom retornar um pouco às origens, quando a tela de prata ainda era nova e imatura, e onde os filmes tinham de saber lidar com apenas uma história interessante se quisessem divertir ao público.
Isso e, falando sério mesmo, eu estou a fim, então vou usar essa desculpa pra listar quatro filmes antigos. Todos eles para você, que está a fim de assistir um desses filmes, mas não faz ideias de onde começar.
Os filmes estão abaixo, sem nenhuma ordem específica. Estarei apenas os mencionando conforme sua idade. E, agora, vamos lá!