domingo, 27 de julho de 2014

Planeta do Tesouro (2002)

Chegamos ao último filme da "trilogia Sci-Fi" da Disney. Apesar de eu concordar que os filmes antes desse são ótimos, esse aqui é, em minha humilde opinião, o melhor filme dos três, e o melhor desde Tarzan.


Planeta do Tesouro é uma releitura do clássico "Ilha do Tesouro", e mistura elementos das histórias de piratas com ficção científica. Esse também é o primeiro filme dessa lista (que vem à minha memória, no caso) que trás um protagonista adolescente e que age como tal.

Querendo seguir mais os passos dos "reis do drama" da Disney, como o Corcunda de Notre Dame, Tarzan e Atlantis, o foco desse filme está todo no drama, e sua grande mensagem é a de que todos tem uma forma de perseguir um sonho.

O ponto mais forte do longa são seus personagens, que são incrivelmente tridimensionais. No caso, o que mais chama atenção é o fato de que cada um (com algumas exceções) tem doses naturais de ganância, senso de justiça, disposição e vontade de ser aceito. Os melhores exemplos disso são os personagens Jim e Silver. Apesar de serem muito parecidos em termos de personalidade (o que acaba sendo importante para a trama geral), ambos os personagens buscam o chamado "planeta do tesouro" por motivos completamente diferentes. Não direi muito, mas os motivos são ambos justificados e, apesar de serem clichés, são bem executados.
Os demais personagens do filme são também excelentes, e todos funcionam bem para a carga de drama que quer ser passada. Não direi que não existe o alívio cômico, mas o mesmo surge apenas em alguns momentos, e todos são bem apropriados.

O universo do filme é muito bem representado. Como eu disse antes, é uma mistura do universo das histórias de piratas com o estilo Sci-Fi, e ficou ótimo. Troque os oceanos pelo espaço sideral e os ventos por energia "solar", além de pessoas normais por diversas raças alienígenas, e PIMBA, fica tudo certo. Isso cria certa variedade, dá uma identidade única ao filme, e, por isso, funciona. Os efeitos também são excelentes, com vários usos em CG, mas todos bem feitos.

Se tivesse um ponto no filme que eu não gosto é mais a forma como ele começa. Sua introdução, apesar de dar uma ideia de como aquele mundo funciona, não corresponde ao ritmo do resto do filme, que é bem sério em termos gerais.
Fora sua introdução, todo o resto é maravilhoso.

O mesmo vale para a trilha sonora. A única música com letra do filme é "I'm still here", e é simplesmente excelente. A trilha de fundo também faz um trabalho espetacular, e ajuda muito na atmosfera já bem executada.

Planeta do Tesouro é um filmaço, um dos melhores dessa nova década, e está nos meus dez favoritos da lista no geral. Seu ritmo é ótimo, a trilha sonora é fantástica, os personagens são tridimensionais, a trama é muito bem traduzida e praticamente tudo é ótimo. Assista quando tiver chance. É excelente.

Se você cansou dos temas futuristas ou de ficção científica, relaxe. O próximo da lista volta um pouco para as raízes do estúdio, e mostrará a um caçador o mundo pelos olhos da caça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário