sábado, 26 de julho de 2014

Lilo & Stitch (2002)

Chris Sanders teve uma das ideias mais lucrativas para a Disney em uma década tão difícil como a que seria essa. Por causa disso, espero, pelo menos, que ele tenha ganhado um vale-lanche.


É difícil pensar em Lilo & Stitch hoje em dia sem relacionar com a enorme franquia. Apesar de ter gerado umas três sequências e uma série de TV, o que mais brilha em tudo é, sem dúvidas, o filme lançado em 2002.

Mais uma vez, existe o apelo ao Sci-Fi, que fica bem óbvio logo na introdução, com espaço-naves, uma batalha estelar e um fugitivo mais fofo do que deveria ser. No caso, somos introduzidos ao protagonista Stitch, um dos nomes mais populares dentro do estúdio. Apesar de sua aparência, ele é um criminoso perigosíssimo, uma ameaça à sociedade intergaláctica, primeira vez que temos algo assim como nosso protagonista, né?
Enquanto existe esse lado fantasioso, boa parte da trama se foca em uma das ilhas do Havaí. O mundo aqui é exatamente como o nosso, e se apega muito a esse realismo. Os personagens desse lado são todos bem humanos, e existem diversos conflitos entre eles.

Inclusive, não existe a ideia de "bem ou mal" no filme. O ponto principal é mais a questão de qual propósito você dá à sua vida. Tudo é mostrado com muita sutileza, já que a trama, por si só, é excelente.
Apesar do tema havaiano, não espere muita coisa de "hoolas" ou coisa assim. Não existe o apego a estereótipos, o que é ótimo.

Mais uma vez, não existem músicas cantadas em momento algum; as emoções típicas delas são perfeitamente traduzidas com a trilha sonora original, que cabe perfeitamente com o estilo de Sci-Fi e ilha tropical.
Finalmente, o ritmo do filme em si é maravilhoso. Ele se move e explica tudo com rapidez, e tranquilidade. Praticamente todas as cenas tem uma importância maior.

Lilo & Stitch é espetacular, genial, maravilhoso, e vale mais do que a pena assistir.

Continuemos com o tema de Sci-Fi. Na verdade, vamos extrapolar desse tema no próximo filme, que é uma excelente releitura de um clássico sobre navios, piratas e um tesouro maior do que qualquer um pode imaginar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário