quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O que eu achei dos filmes da Saga Star Wars - A Nova Trilogia

Por mais estranho que seja esse processo, George Lucas e sua equipe criaram a trilogia dos episódios I, II e III DEPOIS de fazerem os IV, V e VI. Eu não sei bem como foi na época da trilogia original. No meu tempo de vida, só a nova trilogia chegou aos cinemas (e, do jeito que as coisas andam, a terceira trilogia também).

Os episódios da nova trilogia são geralmente vistos com maus-olhos pelos fãs old-school de Star Wars. Existem os argumentos bons e os ruins... Mas, já que a questão dessa postagem é falar apenas do que eu acho, e não do que as outras pessoas pensam, vamos dar uma breve revisada no que os filmes foram pra mim. O que eu considerei erros, acertos, etc.

Star Wars: Episode VII... Sério?!

Ainda não sei se esse poster é oficial ou não... O que eu sei é que eu o amo!

Pelo amor da Força! Episódio VII?! Sério?

Difícil de acreditar, mas já tem quase dez anos desde o último filme da saga Star Wars foi aos cinemas... Star Wars Episode III: Revenge of the Sith deve ser um dos melhores filmes que eu já assisti. Uma verdadeira fonte de inspiração, com um roteiro muito bem bolado, cenas espetaculares e momentos épicos sem igual.

Toda a saga Star Wars é assim, na verdade.
Veja bem, eu sou um grande fã de Star Wars. Mesmo só conhecendo a franquia em 2002, com a chegada de Attack of the Clones aos cinemas. Claro, conheci a trilogia original pouco tempo depois, e, como qualquer um, aprendi a conexão entre Darth Vader e Anakin Skywalker.

Mas, isso aqui não é pra falar de minha experiência com a franquia, então eu vou resumir: sou fã de Star Wars e estou curioso em saber como eles pretendem expandir o universo da série.

Quando a Disney comprou a LucasFilms, eles deixaram bem claro que estavam interessados em continuar a saga, e que o tão infame e temido "Episódio VII" chegaria em 2015.

Eu admito que não sei bem qual foi a reação dos fãs mais old-school de Star Wars, os mesmos que ficaram "putos" com o Annie de The Phantom Menace. O que eu sei é que eu fiquei um pouco temoroso. É uma pergunta que ainda não saiu da minha cabeça: o que diabos poderia acontecer em um Episódio VII?!
Vamos recapitular, sim? O Império caiu, Darth Vader/Anakin está morto, a ordem Jedi só tem um sobrevivente, que seria o Luke, a galáxia está em paz. O que mais eles podem colocar?
Return of the Jedi foi bastante conclusivo. Eu não vejo como vão adicionar mais alguma coisa. Por conta disso, eu tenho um palpite.

Pode muito bem acontecer de, nesse novo episódio, termos uma passada legal pra um futuro um pouco distante. Provavelmente sem os Skywalker, sem os Sith... Uma coisa diferente, tipo... Uma descendente espiritual dos Sith? Argh, eu não sei...

O que eu peguei é que a nova trilogia foi criada pra explicar as origens de Darth Vader... Como ele se tornou um vilão, qual a principal razão por trás disso, etc. Ao menos, foi isso que o titio George Lucas falou para nós.

Darth Vader, posando para uma foto... Ao menos, eu acho que é ele debaixo da máscara. Sei lá! Pode ser qualquer um!
Sabendo disso, as coisas mais importantes de Star Wars (leia-se, Darth Vader e seus amigos) já estão terminadas. A galáxia muito, muito distante já está em paz...
E é isso que abre as possibilidades. Dependendo de quem estiver no comando do roteiro (o que já foi até revelado, mas eu não consigo me lembrar dos nomes), poderemos ver algo completamente novo...

OK, eu notei que estou começando a perder o sentido. Mas é isso que acontece quando eu começo a escrever um texto por impulso, ainda mais de uma franquia que eu tanto amo. Então, ao invés de fazer uma postagem tamanho jumbo (que eu tenho que aprender a abandonar), eu vou passar a postar coisas de Star Wars por aqui (isso e qualquer "Treinamento de Narrativa" que vier à minha cabeça, claro). Sei lá, eu posso abrir teorias a respeito de uma ou duas coisas nos filmes. Falar sobre os jogos que eu já joguei. E as inúmeras outras mídias que eu posso pensar.

Bom, e é isso aí, eu acho...

Que a Força esteja com vocês!

Enquanto isso, em uma dimensão paralela de uma galáxia muito, muito distante: